American Horror Story - 2.02: Tricks And Treats


Todo mundo é cobra criada nesse hospício, parece até a família da minha mãe.

Essa série está cada vez mais sensacional nem por causa das coisas sobrenaturais coisa e tal, mas porque ela tem uma beleza tão diferente que me faz querer sempre assistir mais um episódio. A caracterização dos personagens e a fotografia está sinceramente impecável, além das atuações que cada vez me encantam mais.  Porque me fazem gostar tanto assim dessa série, devia ser proibido!!! Um beijo pros roteiristas.

No segundo episódio da nova temporada é continuada a pequena saga do casal nos dias atuais que entrou no antigo prédio de Briarcliff, um hospital psiquiátrico que funcionava nos anos 60. O Bloody Face persegue a mulher, que tenta escapar arrastando seu marido caído no chão, mas ele acaba sendo capturado e finalmente é morto — adeus Adam Levine, já vai tarde — enquanto sua mulher se trancou num dos quartos do lugar com o serial killer forçando a porta. Ao mesmo tempo, somos transportados de volta pra 1964 e a companheira de Lana, a jornalista presa em Briarcliff, se lamenta por ter tido que assinar o documento que permitiu a estada da namorada por lá. Logo depois, ela acaba sendo atacada pelo Bloody Face — a wild bloody face appears, tô curtindo muito. Enquanto isso, em Briarcliff, Irmã Jude encontra algumas anotações de Lana em seu quarto e decide que é hora de começar um tratamento com eletrochoque na jornalista. Engraçado que eu li por aí que muita gente ficou muito incomodado com essa cena, o que me faz sentir que sou uma pessoa menos normal por ter achado tal coisa nada demais. Vocês precisam ter mais estômago, hein. 

O psiquiatra Oliver Thredson mandado pela Corte de justiça para avaliar Kit Walker chega ao lugar, interpretado brilhantemente por Zachary Quinto. Entretanto, ele acaba se envolvendo com o caso de um adolescente, Jed Potter, que aparentemente vê e ouve coisas que não existem e que comeu o coração de uma vaca — Daenerys Targaryen manda um abraço. Irmã Jude e o Monsenhor acham que o rapaz está possuído por um demônio, portanto chamam um exorcista para lidar com o garoto. Dr. Oliver se mostra horrorizado com o tipo de tratamento dado a Jed, porém concorda em ajudar no processo quando é requerido. 

Em outro cômodo do hospital psiquiátrico, Lana conversa com Grace, a paciente que virou amiga de Kit, sobre um jeito de fugir dali que ela tem conhecimento. No entanto, Grace impõe a condição de que Kit também fuja com eles para que ela participe, o que Lana rejeita. Kit tenta demonstrar que não é o monstro que Lana acha pegando suas anotações para que as Irmãs não as encontrassem com ela, mas ainda não parece ser suficiente. Ai Kit, eu acredito em você <3

O exorcismo não começa muito bem, e acaba ficando pior do que estava. Foi uma cena sensacional e considero a melhor de todo o episódio; tanto pelos efeitos quanto pela atuação adequadíssima dos atores na situação em questão. Levo uma tamanco plataforma azaléia na cara toda vez que aparece uma frase machista nessa série, mas relevo pois nos anos 60 as coisas eram bem difíceis para o meu gênero. As frases em latim ditas pelo padre exorcista não estão funcionando e o rapaz possuído fica cada vez mais forte. O garoto faz com que o padre, paraplégico, literalmente voe pelo quarto se chocando contra a parede. O Monsenhor tenta acalmar os pais de Jed e por isso manda Irmã Jude tomar conta do menino enquanto isso. Só que o demônio começa a falar do passado dela, e podemos ver em flashbacks como a freira era antes de seguir o caminho de Jesus. Além disso, outra parte de seu passado é desenterrada; uma menina que Irmã Jude atropelou no passado e não prestou socorro. Depois de tanto esforço físico e mental, o garoto morre, provocando um curto circuito na rede elétrica de Briarcliff.

Isso fez com que todas as celas e as portas do lugar se abrissem, e então Lana e Grace vêem como uma oportunidade perfeita para fugir. Porém Grace é relutante em fugir sem Kit e quando Lana não volta atrás em sua decisão, Grace decide fugir sozinha com ele. É claro que Lana ia se sentir traída. Só ver o olhar dela depois que Grace agarra a mão de Kit pra ver que ela ia denunciar os dois. Sim, Lana foi uma tremenda cretina e eu nem consigo sentir pena dela por ter sido traída antes. Tenho pra mim que ela se apaixonou por Grace e sentiu ciúmes de Kit, mais um motivo para ela ter chamado os enfermeiros antes que eles conseguissem alcançar a saída.

Dr. Arthur Arden é um cara que eu sempre esperei que fosse um homem bem psicopata, mas sadista foi uma pequena surpresa. Ele contrata uma prostituta e aparentemente a trata bem, contudo ele acaba se mostrando um maluco de carteirinha VIP. Faz a moça se vestir de freira em sua casa (e eu que pensei que já tinha visto fantasias sexuais estranhas o suficiente) e enquanto se aprontava, ela descobre fotos de outras mulheres sendo açoitadas por Arden naquele mesmo lugar. Ela consegue se desvencilhar dele e fugir, no fim. Menos uma na lista do médico, felizmente. Aliás, ele parece ter todo um apreço especial pela Irmã Mary Eunice, que desmaiou logo após a morte de Jed Potter, o que me fez pensar que com certeza o demônio incorporou nela. Ai deus, essa série tá boa demais.

É claro que Irmã Jude não ia deixar barato a tentativa de fuga de Grace e Kit e leva Lana para assistir ela açoitá-los. No entanto, Kit assume a culpa sozinho (sendo o lindo que é, ai vem cá) e acaba levando quarenta açoites. Ai </3. Ainda estou curiosa pra saber o que são as criaturas da floresta — minha teoria é que são animais ou pessoas geneticamente modificadas. Vamos ver o que o seriado tem mais a nos oferecer, mais sobrenatural e mais personagens lindos.

2 Response to American Horror Story - 2.02: Tricks And Treats

Anônimo
segunda-feira, outubro 29, 2012

vocês não vão fazer review de new girl, the new normal, the mindy project?

segunda-feira, outubro 29, 2012

Vamos, sim Anônimo. Em breve estaremos com a review dessas séries aqui, não se preocupe. :)

Postar um comentário

 

Copyright © 2009 Why Watch? All rights reserved.
Converted To Blogger Template by Blogspot Templates Theme By- WooThemes