Supernatural - 8.04: Bitten


"Do I really say awesome a lot?"

Segurando na mão de Jesus e indo. Agora toda vez que me preparo pra ver um episódio de Supernatural eu rezo uma ave maria em nome dos velhos tempos da série — saudades bobby, saudades jo — e pedir para que ele seja bom ou pelo menos satisfatório. E parece que os deuses me ouviram. 

Eu gostei da dinâmica do episódio a lá Bruxa de Blair — eu pensei que fosse ficar cansativo, mas conseguiram acertar na dose — e do modo como Sam e Dean acharam a fita e tudo mais. A história começa com um assassinato num campus universitário onde dois amigos estão querendo fazer um filme. Numa lanchonete, eles conhecem uma garota e ela se apaixona por um deles (o mais bonito, não o nerdão que manja tudo de câmeras e adjacentes mas é claro né, saudades não clichês), logo depois indo morar com os rapazes. Sam e Dean aparecem muito casualmente o episódio inteiro, visto que é tudo a partir da visão das câmeras dos universitários.

Eis que numa noite os dois amigos saem para filmar coisas aleatórias pelo campus — tipo um casal se pegando, mas que decadência — e acabam sendo pego pelo rapaz que estava beijando a moça, saindo em disparada para a floresta perto dali. Michael — o bonitinho com namorada — acaba sendo mordido por uma criatura desconhecida e adquire alguns efeitos colaterais, tais como super força, deixando o amigo Brian enciumado. Só que nada vem fácil assim, mas é claro. O rapaz descobre que virou um lobisomem e que os irmãos Winchesters na verdade são caçadores, então todos em pânico com medo de que eles o descubram e o matem. 

Brian, o amigo nerd de Michael, acha um objeto pertencente a um professor seu na mata onde Michael foi atacado e liga lé com cré, descobrindo que foi ele que mordeu seu amigo. Mas o maluco acaba pedindo pro professor MORDÊ-LO pois ele quer ser forte e incrível como Michael, claramente o que demonstra um recalque interestelar. Dean e Sam conseguem rastrear o professor e acabam o matando, enquanto na casa dos universitários o kissuco começa a ferver quando Brian e Michael iniciam uma briga, e este último acaba morrendo. Enlouquecido, Brian morde Kate, a namorada do ex-amigo por quem sempre foi apaixonado, e ela acaba o matando. Kate explica tudo no fim da fita, dizendo que vai embora pra sempre e vai sobreviver comendo corações de animais. 

Gostei de Dean ter sido aquele que primeiro decidira a dar uma chance pra garota. Talvez ele não tenha mudado muito, mas já é um grande progresso desde aquela amiga do Sam que ele matou pelas costas do irmão. E os garotos dizendo que eles estavam numa relação romântica fez os shippers de wincest terem um infarto, apesar de destiel ser vida. Foi um episódio morno com uma história convincente, e isso é o máximo que posso dizer de Supernatural. Castiel vem por aí, ao que parece.

No Response to "Supernatural - 8.04: Bitten"

Postar um comentário

 

Copyright © 2009 Why Watch? All rights reserved.
Converted To Blogger Template by Blogspot Templates Theme By- WooThemes