The Neighbors - 1.03: Things Just Got Real


É tipo Suburgatory... COM ALIENS!

O triste em assistir The Neighbors é saber que a audiência anda terrível e que muita gente não entende o humor idiota da série. Porque é tão engraçado que, quando vejo alguém falando mal dela, penso “Será que estamos falando da mesma coisa?”. É tão bizarro que é awesome, minha gente.

Cansados das bizarrices de seus vizinhos aliens, os Weavers resolvem ter uma noite com seus amigos humanos. Tudo o que Marty quer é beber e jogar poker, e Debbie sente falta de tomar sangria enquanto conversa com suas amigas. Seus planos não envolviam os Zabrvonianos de forma alguma, mas as coisas não funcionam bem como o esperado.

Como toda série feel-good que se preze, o episódio tem seu começo normal, metade em conflito e final bonitinho. O diferente aqui é a execução destes. Porque quem diria que uma série cheia de alienígenas pudesse ser tão... humana? A forma que os Zabrvonianos agem e o choque cultural ao acabar em um planeta tão estranho e bizarro são bem explorados, e é certo de que podem render muito mais (pelo menos até o provável cancelamento :( ).

Nesse episódio teve de tudo, e foi super engraçado – o melhor até aqui, eu diria. Desde uma piada inocente sobre Downton Abbey à Jackie tentando se enturmar com as amigas de Debbie, sem comentar as outras esquisitices dos aliens e a recusa de Larry a se adaptar aos costumes da Terra.

Reggie, filho de Jackie e Larry, quer aprender mais com os humanos e vai acompanhado de seu pai, que pretendia “dominar os homens”, para a noite de poker de Marty. O menino é obrigado a "honrar seu pai", mesmo se recusando a fazê-lo por saber o quão estranho pareceria para os outros homens presentes. Dali se desenrola um momento onde os amigos de Marty choram lembrando-se de seus pais e o anfitrião se estressa, gritando com Larry; Reggie se junta ao humano, dizendo que odeia seu pai. Tudo fica bem eventualmente, sim, mas não sem antes de uma conversa sincera entre Marty e Larry. O patriarca alienígena então faz as pazes com seu filho ao roubar uma TV dos Weavers, participando da cena mais sensacional do episódio.

Jackie, pobrezinha, tenta agir como uma mulher normal, e assiste “The Real Housewives of New Jersey” para buscar inspiração. Não dá muito certo, já que ela se veste como uma louca, fala como uma louca, cria intrigas entre as amigas de Debbie e – palmas e respeito para os criadores da série por isso – fala olhando para a câmera/parede. É genial, sem mais. Debbie se estressa e grita com a coitada, mas depois percebe as dificuldades de sua amiga alien. Ambas choram sentadas no chão sujo do banheiro público e tudo parece lindo de novo. 

Tá pra nascer série tão incompreendida e overrated, viu? Que horror, entregar um episódio ótimo desses e ninguém captar o senso de humor. Porque, olha, eu ri o episódio inteiro, sem exageros. Pobres criadores. Estou com vocês, ok?

P.s.: Não queria que The Neighbors fosse cancelada porque amo descobrir mais sobre os costumes dos Zabrvonianos. Todos da comunidade sentem a mesma coisa que o líder sente, meu Deus! Quase chorei quando um deles se jogou da janela por estar tão triste.
P.s.1: Nunca vou esquecer de Larry e Reggie abismados e entretidos com a tela azul da TV. Sério mesmo.
P.s.2: Sabe quando você faz de tudo para não se apaixonar porque sabe que vai acabar logo, mas falha ridiculamente nisso? Então.

No Response to "The Neighbors - 1.03: Things Just Got Real"

Postar um comentário

 

Copyright © 2009 Why Watch? All rights reserved.
Converted To Blogger Template by Blogspot Templates Theme By- WooThemes