American Horror Story - 2.04: I Am Anne Frank, part 1

“Don't you remember me doctor? I am Anne! Anne Frank!”


Como não amar, gente? Aliens, serial killers e agora nazismo! É demais pro meu coração <3 Como o próprio título já diz, Anne Frank "aparece" mais viva do que qualquer um de nós. Teria a menina que ficou famosa após a publicação dos seus diários e virou mártir do holocausto sobrevivido e agora ter ido parar em Briarcliff?

Enquanto isso, Kit continua sofrendo abusos físicos do Dr. Arden e Grace finalmente lhe conta a história que a fez parar ali. Dr. Thredson quer convencer Lana a começar um tratamento contra sua homossexualidade, o que realmente acontecia muito nos anos 60. Há depoimentos de muitos médicos psiquiatras afirmando que gostar de pessoas do mesmo sexo era uma doença mental semelhante à psicopatia. O psiquiatra também tenta fazer com que Kit encare a verdade sobre os crimes que supostamente cometeu, o que faz o paciente pela primeira vez duvidar da sua sanidade. Será que Kit matou mesmo todas aquelas mulheres? Meu Deus, não sei mais nada sobre ninguém nessa série.

Ao topar o tratamento do Dr. Thredson, Lana passa por coisas horríveis. Eles tentam um tratamento de aversão fazendo com que toda vez que Lana vir uma imagem de uma mulher sensual e de estimulação física com um corpo masculino, entretanto nada parece funcionar. Mas Dr. Thredson não vai desistir tão fácil e promete a paciente que vai tirá-la dali custe o que custar. Será mesmo que ele vai conseguir ou será que ele também vai acabar preso em Briarcliff?

Alá Kit e Grace realizando meus desejos e ficando juntos, gente <3 Porém eles são pegos e Kit acaba descobrindo que a história que Grace lhe contou sobre o assassinato de sua família não era tão verídico assim. Ao mesmo tempo, a polícia interroga Dr. Arden sobre a prostituta que ele contratou e que alegou coisas estranhas na casa dele, negando até a morte. Porque claro né, é impossível que um médico chame uma mulher da noite ou que ele seja um nazista sádico e maluco que faz experiências nos outros. Aliás, descobrimos que o Monsenhor Timothy Howard está mancomunado com o médico, o que não parece muita surpresa não visto que eu já tinha pensado que tinha algo errado com esse cidadão.

Dá pra não amar Jessica Lange? Ela consegue fazer uma personagem em que às vezes a gente odeia como se fosse o capeta e em outras nos faz amar tanto que a gente quer um destino feliz pra ela. Kit decide pedir perdão por seus crimes à Irmã Jude e Anne Frank e Dr. Arden têm seu confronto principal, onde ela acaba descobrindo a existência do que sobrou de Shelley e aponta uma arma para o médico. Será que ela vai ter coragem de atirar mesmo, principalmente depois de tudo o que passou? Seria ela MESMO a Anne Frank de verdade? Continua no próximo episódio. 

No Response to "American Horror Story - 2.04: I Am Anne Frank, part 1"

Postar um comentário

 

Copyright © 2009 Why Watch? All rights reserved.
Converted To Blogger Template by Blogspot Templates Theme By- WooThemes