Fringe - 5.05: An Origin Story

"Before you go on a journey of revenge, dig two graves."

Sabia que ia passar o tempo todo com um aperto no coração vendo esse episódio. Eu me enganei pensando que estava preparada para ver a dor de Olivia e Peter. O episódio foi todo baseado no luto dos Bishops, que perderam uma das mais gloriosas e amadas membras da família. Sério, deu pra sentir a dor dos pais de Etta por terem a perdido. Enfim, foi um episódio sofrido tanto pra eles quando pra nós.

O quinto episódio gira em torno dos Observadores estarem abrindo um buraco de minhoca entre o tempo atual e o futuro, trazendo por ele componentes que degradam o ar para os seres humanos, mas é ideal para os Observadores. Anil, integrante da Resistência, lhes comunica que eles capturaram um Observador e que estão em posse de uma dos "cubos" que o grupo do invasor utilizou para abrir a passagem para o futuro. Peter tenta achar um jeito de fazer o cubo dos Observadores funcionar para que eles possam usá-la contra os carecas de terno, mas acaba fracassando.

Enquanto isso, Olivia está tentando lidar com sua dor. É perceptível o quanto a personagem mudou depois que foi mãe. Isso diminuiu um pouco a Olivia badass e atiradora de elite que ela era nas quatro temporadas anteriores — agora ela tinha que temer não só por sua vida, mas também por a da filha — entretanto, isso trouxe um lado tão lindo dela que quase não ouço mais reclamações sobre a falta de badassery. Li algumas vezes sobre ela não ter ficado muito emocionada com a morte de Etta, e então vem esse episódio pra dar na cara de quem disse isso mostrando o quão fragilizada ela está. Deve ser a pior dor do mundo e ninguém deveria passar por isso. 

Walter explicando o buraco de minhoca me fez lembrar das temporadas anteriores quando o time Fringe trabalhava para o FBI. Ele descobre que há uma chance deles destruírem a passagem entre os mundos e então Peter vai até o Observador capturado para conseguir ajuda e assim conseguir montar o cubo. Ele interpreta as mudanças na pupila do careca e obtém o que queria, mas acaba sendo enganado por ele e si mesmo. O time Fringe ataca o buraco de minhoca feito por eles mesmos, antes dos Observadores, e criam um buraco negro que supostamente fecharia a passagem definitvamente. Ledo engano.

Olivia e Peter estão mais próximos um do outro, apesar que para que isso acontecesse uma tragédia fosse necessária. O relacionamento deles se torna mais profundo pelo partilhamento da dor e da raiva, exceto pelo gosto de vingança que Peter tem e não consegue controlar. A cena mais linda do episódio foi Olivia assistindo a fita do aniversário de Etta; me fez chorar que nem bebê. Peter, cego de ódio e em busca de justiça, acaba indo muito longe e abrindo o cérebro do Observador preso para pegar o dispositivo que os fazia tão poderosos, implantando em si mesmo.

Meu Santo Odin, já há mil teorias rodando pela internet. O que diabos Fringe tem pra nos mostrar dessa temporada final? Não estou pronta pra dizer adeus para eles. Realmente não. O que vai ser de mim sem Peter, Olivia e Walter Bishop, além de Broyles, Lincoln (saudades) e Astrid? Não quero nem pensar. E só faltam oito episódios.

P.S.: Adorei os pôsters da Resistência com a foto de Etta espalhados pela cidade. Já é até o wallpaper do meu computador.

No Response to "Fringe - 5.05: An Origin Story"

Postar um comentário

 

Copyright © 2009 Why Watch? All rights reserved.
Converted To Blogger Template by Blogspot Templates Theme By- WooThemes