Grey's Anatomy - 9.05: Beautiful Doom


O problema de ver promos de episódios é que eles quase sempre são como aqueles trailers que tem neles tudo o que tem de bom no filme. E isso não acontec(ia) com Grey's.

O começo desse episódio foi assustador. Ouvimos os pensamentos de Meredith e Cristina, a tela divida ao meio enquanto elas conversavam, Meredith toda normal vivendo a vida... Sim, assustador. Não sem motivos, claro – logo ela encontrou a vítima de um acidente, centro do episódio.

Shonda, querida e boazinha como sempre, resolveu mexer logo na ferida da morte de Lexie (que não está nem perto de fechar). Talvez para os espectadores não terem tempo de reclamar pelo fato de que Meredith parece estar bem após a morte da irmã. O fato é que vemos Meredith levar o caso de Melissa ao lado pessoal desde o começo, passando por cima de seus superiores e dos riscos para salvar a garota que está numa situação muito parecida com a de Lexie.

Em Minessota, o desenvolvimento é o esperado desde o último episódio: Parker ainda discute com Cristina sobre Thomas, de quem e ela toma o lado. Uma cirurgia complicada tensiona ainda mais a situação, e Cristina acaba sendo convencida a tentar persuadir o Dr. Thomas a ir por vontade própria para provação, o que ele nega.

Pausa para os momentos fofos: Meredith deixando Zola para Callie cuidar (AWN! Sempre amei a amizade das duas), Avery existindo (desculpa, mas ele tava de suéter cinza, eu tava com sono e o som tava estranho porque Shonda achou legal brincar no Movie Maker, então nem ouvi o que ele falou) e Alex se oferecendo para cuidar da Zola (criatura linda maravilhosa de Deus, saiba que estou ansiosamente esperando o dia em que uma menina perfeita vai aparecer em sua vida – ou, melhor ainda, A menina perfeita vai voltar). Ah, Owen também cuidou dela um pouquinho, e se intitulou Uncle Owen (pfvr chorei).

Quando tudo parecia se encaminhar para aquela coisa entediante que mais parece um documentário de um hospital de verdade, DR. THOMAS MORREU! CHOREI GENTE! Eu já esperava que isso fosse acontecer desde os primeiros sinais de que Cristina gostava do novo professor, mas mesmo assim fiquei muito triste. Bom, claro que isso foi mais pra este episódio não ter sido pra nada, mas achei meio blé mesmo assim. Talvez "back in the day" eu gostaria do episódio – inclusive muitos episódios antigos têm este teor – mas depois de tudo o que passamos, acho que a gente merece histórias mais extraordinárias que essas, né?

No Response to "Grey's Anatomy - 9.05: Beautiful Doom"

Postar um comentário

 

Copyright © 2009 Why Watch? All rights reserved.
Converted To Blogger Template by Blogspot Templates Theme By- WooThemes