Revolution - 1.07: The Children's Crusade

Agora vai?

No primeiro episódio realmente bom tanto acerca dos personagens — que mereciam ser interpretados por melhores atores, ou talvez seja só inexperiência em certos quesitos — quanto sobre a história, que vai aos poucos sendo desenrolada e desenvolvida na trama.

Charlie, Miles, Nora e Aaron vêem um garoto sendo levado pela milícia de Monroe enquanto se escondiam justamente deles. Charlie quase foi tentar salvar o menino, mas Miles a impediu. Entretanto, ele não contava com uma. Seguiam em frente quando caíram numa emboscada de um bando de meninos ao qual o garoto levado pelos homens de Monroe pertencia, ao estilo Capitães de Areia. Lá eles encontram dezenas de crianças sem pais vivendo numa situação complicada, e o garoto levado, Peter, era quem liderava-os e tomava conta deles.

O irmão de Peter, Michael (interpretado pelo lindo mais lindo Colin Ford, me abraça), quer ir sozinho atrás dele, o que faz Charlie convencer o tio de que eles deveriam ajudar o garoto enquanto eles não encontram Danny. Por falar nele, Danny continua "preso" com a mãe, que acaba sabendo que o antigo amigo encontrou um dos seus colegas de trabalho da época pré-apagão. E é aí que descobrimos o que exatamente Ben Matheson estava fazendo e para quem estava trabalhando. Ele e os colegas estavam tentando criar uma forma de energia elétrica de baixo custo e limpa, mas na verdade acabaram criando algo que a elimina completamente. Entretanto, parece que um homem do Departamento de Defesa dos EUA ficou interessado em tal coisa, e para isso ele vai usar até mesmo a saúde do filho de Ben e Rachel para conseguir o que quer. Na República Monroe, Rachel tenta tirar algo do ex colega de trabalho, mas acaba falhando porque ele não é besta nem nada e sacou que ela tava do lado do ditador para descobrir a localização dos pingentes.

Michael e mais outros garotos vão escondidos atrás do grupo de Miles e então eles encontram um local de recrutamento e treinamento de soldados, todos adolescentes a serem preparados para lutar pela República Monroe. Charlie está decidida a entrar lá sozinha — o que explica bem a cena inicial dela sendo marcada com o símbolo da R.M. — e Miles lhe diz que tudo aquilo é culpa dele, da época em que ele comandava a Milícia. Ela consegue se infiltrar, mas não dura muito lá dentro até ser descoberta e acaba ficando com aquele troço horrível no pulso. Miles vai atrás da sobrinha e eles quase conseguem sair, porém são encurralados pelos soldados milicianos. E então, do nada, no farol onde Aaron e as outras crianças estavam escondidos, o pingente liga automaticamente e a energia volta a funcionar por alguns segundos, dando a Miles a deixa para derrotar os homens de Monroe.

Aaron conta a Miles a verdade, o que já tava passando da hora e descobrimos a identidade de um misterioso personagem que tem a ver com os pingentes que podem trazer a energia de volta: Randall, o funcionário do Departamento de Defesa que estava no encalço de Ben Matheson anos atrás. O que diabos ele tem a ver com tudo e isso, e ainda mais: porquê? E o que vai ser de Charlie agora que ela está marcada como membro da Milícia Monroe? Que episódios ainda melhores venham. 

No Response to "Revolution - 1.07: The Children's Crusade"

Postar um comentário

 

Copyright © 2009 Why Watch? All rights reserved.
Converted To Blogger Template by Blogspot Templates Theme By- WooThemes