The Mentalist - 5.10: Panama Red


 A cara do Cho na steal é a minha cara durante todo esse episódio.

Eu enrolei durante um mês inteiro pra terminar de assistir esse episódio. Não era preguiça de fazer review, era preguiça de ter que terminar o episódio. Mas sinceramente o que mais me deixou com raiva não é essa irregularidade do seriado, mas o fato de eles me apresentarem um episódio desses em uma mid-finale, quase um suicídio, principalmente do jeito que as coisas andam. Mas audiência a parte, vamos ao episódio.

O episódio começou de maneira lenta, e continuou lento. Misturando o caso do assassinato de um estudante e fabricante de semente da folha da maconha e em paralelo mais uma historinha de Cho e suas aventuras pelo mundo da ação policial. Na verdade, acho que toda essa trama do Cho foi pra isso mesmo: trazer mais ação pro seriado, mas confesso que já tava achando chato, desfocando o seriado.

Não acredito que o seriado precise se focar apenas no Jane pra se tornar interessante, na verdade gosto das histórias paralelas, mas quando são medidas. Focaram tanto no Cho que eu andava até esquecida da existência da Van Pelt, que anda apagadíssima nesse temporada.

Alguns pontos ok do episódio: o mistério da caixinha, que me deixou curiosa por incrível que pareça; a volta da Summer, que eu imaginava que voltaria em algum momento do seriado; o Rigsby chapado, que eu achei hilário, e por último, quem afinal estava com as sementes, a coisa ficou menos óbvia e menos pedante já que o Jane não descobriu quem era.

Mais que isso, senti falta da dificuldade que pensei que a CBI estaria passando, ou de uma mínima preocupação da parte dos personagens (além de Jane com aquela maldita lista). E de uma mid-finale com algum motivo pra me deixar com mínimas saudades, ou com vontade de terminar o episódio.

No Response to "The Mentalist - 5.10: Panama Red"

Postar um comentário

 

Copyright © 2009 Why Watch? All rights reserved.
Converted To Blogger Template by Blogspot Templates Theme By- WooThemes