How I Met Your Mother – 8.17: The Ashtray


Ted, if you have a crazy story, I was in it. It's a law of the universe.



O Capitão voltou! Estão prontas, crianças? (Pff piadinha sem graça. Não me abandonem, por favor.) E, como sempre, está assustando a todos. Ele deixou uma mensagem para Ted dizendo que quer que ele retorne a ligação assim que possível. Aí, Ted começa a lembrar da louca história da última vez em que se viram – e Barney, já que a história é louca, jura que estava junto.

Algumas semanas após terminar com Zooey, Ted estava com Becky (boats, boats, boats!), e foi para a abertura de uma galeria de arte com Lily e Robin. Lá, encontrou o Capitão junto de sua conselheira de arte. Ele diz que o Capitão foi rude e ficava terminando suas frases. Enquanto Lily palpita sobre como adorou a pintura de um elefante, Ted vê o Capitão sussurrando que vai o matar. Aí, ele os convida para subir e ver o quadro que ele comprou. Lá, Ted analisa um cinzeiro do Capitão e, quando menciona Zooey, ele o aponta uma arma. Aí, Ted o acalma e abaixa sua arma. Quando Ted vê o porta retrato que o Capitão beijou, descobre que ele estava apaixonado por Becky.

Quando o Capitão liga de novo, ele diz que quer o telefone de Robin. Ted passa para ele, deixando Robin braba, visto o que aconteceu naquela noite – aí, ela conta a sua versão da história. Na verdade, Ted tinha "comido um sanduíche" com Becky, mais cedo naquele dia. O Capitão não estava sendo rude e o interrompendo, era ele quem estava demorando a completar suas próprias frases. Além disso, quase derrubou o cinzeiro, e o que o Capitão não apontou uma arma para ele – estava apenas segurando o controle e mexendo na TV. Segundo Robin, o Capitão estava flertando com ela o tempo todo, e a convidou para o seu quarto, além de revelar que era ela com quem ele tinha se apaixonado.

Robin liga para o Capitão e logo já conta que está noiva. Quando ele diz que achava que ela era casada com Marshall, Robin descobre que ele está atrás de Lily – e dá o telefone dela. Ela também fica braba, e aí conta a verdadeira história daquela noite. Robin tinha vindo de uma "reunião que atrasou" e estava completamente bêbada, e o flerte do Capitão com ela era imaginação. O que tanto Robin quanto Ted deixaram de notar foi que a conselheira do Capitão disse que Lily tinha um gosto péssimo para artes, deixando-a chateada. Quando subiram para o apartamento, Robin também quase derrubou o cinzeiro – e a foto do amor do Capitão era seu barco. Lily estava no quarto vendo a pintura e disse que preferia o quadro do elefante, e o Capitão disse que não se importava com o que ela pensava, porque ela era só uma professora de primário. Para se vingar, Lily roubou o cinzeiro, e agora acha que ele está ligando para o pegar de volta.

Marshall e Lily são deixados a sós porque ele está brabo com Lily por ter roubado o cinzeiro. Ela insiste que não vai devolver e acaba começando a chorar, revelando que o Capitão está certo e ela é só uma professora de primário. Ela diz que já está muito velha para seguir seu sonho e Marshall a conforta, dizendo que ela deve pedir demissão e ir atrás da carreira que sempre sonhou. Ao encontrar o Capitão, Lily descobre que o que ele queria era mostrar que adquiriu a pintura do elefante, e que agora o artista estava famosíssimo. Ele se desculpou e disse que Lily era visionária, oferecendo-lhe o emprego de consultora de arte dele, o qual ela aceita.

Bom, eu amei esse episódio. Primeiro porque amo histórias com vários pontos de vista (como em The Burning Beekeper, o 7.15), porque sempre aumentam a expectativa e a graça. Além disso, tivemos o prazer de mais uma cena de drama com Alyson Hannigan, que sempre as conduz perfeitamente. E foi legal ver a carreira artística de Lily finalmente deslanchar, criando também mais uma storyline interessante.

P.S: ...MANNERS. That's how that feels!

No Response to "How I Met Your Mother – 8.17: The Ashtray"

Postar um comentário

 

Copyright © 2009 Why Watch? All rights reserved.
Converted To Blogger Template by Blogspot Templates Theme By- WooThemes