Modern Family - 4.15: Heart Broken



O Dia dos Namorados mais divertido do mundo das séries.

Esse episódio de Modern Family foi diferente de todos os outros já feitos na série. O motivo foi simples, mas bastante eficaz: ao invés de termos várias tramas paralelas ocorrendo simultaneamente e entrecortadas, aqui tivemos três tramas separadas, cada uma com seu começo, meio e fim, para só então outra começar. Eu gostei, pois deu um ar de novidade para a série. Mas espero que seja uma coisa de apenas um episódio, porque, apesar de agradável, é bastante diferente do que nos vinha sendo apresentado.

Comecemos com a primeira trama, a de Phil e Claire. Inicialmente eu fiquei um pouco decepcionado com o plot deles, já que é semelhante a uma infinidade de outros episódios dos dois, alguns inclusive dessa temporada. Aquela mesmice de buscar sair da rotina e comemorar o relacionamento de maneira pouco ortodoxa e tudo mais. Mé. Mas fui positivamente surpreendido com os rumos que a trama deles tomou. Começando pela cena inicial, que me fez rir horrores com o desmaio de Claire. E o que dizer de Phil dizendo que a culpa de tudo era de ele estar "sexy demais"? Hahaha, impagável! Até a médica que cuidou de Claire teve sua heterossexualidade desacreditada por não dar créditos à sensualidade do Dunphy. Outras cenas engraçadas incluem a reação das crianças à aparição do pai (ouso dizer que foi a melhor cena do episódio, aliás) e a constante menção aos tais "massagistas cambojanos". Eles devem ser realmente bons!

Seguindo para Jay e Gloria, eles basicamente tem o mesmo objetivo do outro casal, o de ter uma noite a sós após muito tempo. Mas tudo parece dar errado para Jay, como se o universo estivesse conspirando contra ele. Eu acho meio chato esse tipo de plot, em que a lei de Murphy se aplica, mas aqui eu gostei, de verdade. A começar pela presença da pequena Lily que, cada vez mais, vem se provando um talento absurdo. Saíram dela as duas melhores cenas dessa trama, aliás: a primeira envolvendo o controle remoto que Jay dá para ela se distrair ("looks complicated!" hahaha); e a outra quando a garota abre o cercadinho que o avô jura ser impossível de abrir. Poxa, vovô! No fim ainda existe uma mensagem bonitinha sobre proteger os filhos e tudo mais. Típico de Modern Family...

Por último, Mitchell e Cameron. Os dois estão querendo dar uma grande festa de dia dos namorados para solteiros, com o intuito de exibir para eles o fato de os dois serem comprometidos. Comportamento clássico dos dois, vale dizer! Só que as coisas saem fora do controle, e uma espécie de "The Hangover" acontece, com Mitchell lembrando-se pouco ou nada das coisas que fez na noite anterior.

Como destaques positivos, temos primeiramente o gato dos dois (Larry?). Quão fofo é esse bicho? E eu confesso que ri muito quando vi ele pintado de rosa, especialmente depois do comentário do Dylan comparando-o à Pantera Cor De Rosa! Hahahaha. Dylan que, aliás, fez uma ÓTIMA participação. Seja cantando (quem não estava com saudades?), seja com seus comentários imbecis. A sua estadia na casa de Cam e Mitchell durou pouco, mas foi bastante agradável. E Lily, mais uma vez, roubou a cena, dando ótimos e maduros conselhos. Quem ainda é resistente à escolha dessa garota no cast? Ela é fantástica!

Bom, acho que no geral foi isso. Mais um ótimo e constante episódio. Que muitos e muitos ainda estejam por vir!

No Response to "Modern Family - 4.15: Heart Broken"

Postar um comentário

 

Copyright © 2009 Why Watch? All rights reserved.
Converted To Blogger Template by Blogspot Templates Theme By- WooThemes