Oscar 2013: Destaques e vencedores


Aventuras de Pi liderou os prêmios, mas quem levou o Melhor Filme foi Argo


Noite de glamour, muita gente linda e chique, apresentadores engraçados, vencedores que nos deixam com orgulho, algumas decepções... Parece que é sempre a mesma coisa, né? Mas não significa que a gente não queira ver cada pedacinho da premiação mais prestigiada do cinema.

Liderado pelo ótimo Seth MacFarlane (apesar das sempre ocorrentes piadas preconceituosas e o receio que eu trago para qualquer anfitrião depois do memorável Oscar de 2009, apresentado por Hugh Jackman), a premiação ocorreu no Dolby Theatre em Los Angeles, durou cerca de três horas e meia e trouxe várias surpresas (como o número de prêmios para Os Miseráveis). Já no começo, contamos com uma dança entre Charlize Theron e Channing Tatum e outra entre Joseph Gordon-Levitt e Daniel Radcliffe (muito amor).




Passando rapidamente pelos figurinos escolhidos, todos estavam maravilhosos como sempre. Destaque para Jennifer Lawrence, que vestia Dior, Jessica Chastain, que foi de Armani, e Amanda Seyfried, com Alexander McQueen, que foram votadas as mais bem vestidas pelos fãs.  
 

Dentre os pares/grupos de apresentadores (que é uma das minhas partes preferidas de qualquer award show), estava o elenco de Os Vingadores. Claro que, como uma fã irremediável da franquia, eu fiquei rindo e chorando e babando neles o tempo todo. Mas mesmo deixado de lado minha tendência a achá-los perfeitos, eles estavam perfeitos (hehe). Os Vingadores foi indicado somente ao prêmio de Efeitos Visuais, e ter o "time dos sonhos" entrando com sua música tema e até fazendo piada sobre a altura de Robert Downey Jr (Evans ♥) foi homenagem justa à maior bilheteria de 2012.


Outro momento de destaque (não que a participação dos super-heróis tenha sido, para alguém além de mim) foi o momento dos musicais. Catherine Zeta-Jones, linda como sempre, cantou All That Jazz, do musical Chicago. Depois, veio Jennifer Hudson com And I Am Telling You I'm Not Going, de Dreamgirls. Aí, veio o lindo e maravilhoso elenco de Os Miseráveis, que fizeram um medley das músicas do filme. Quem chorou no cinema (eu) certamente se emocionou de novo, relembrando os momentos e revendo aquela gente linda. A premiação desse ano foi bem "musical", contando também com Adele e sua música "Skyfall", que mais tarde ganhou o Oscar de Música Original, e Barbara Streisand com The Way We Were, no sempre emocionante In Memorian.


Contrariando as apostas de muitos e confirmando a de poucos, As Aventuras de Pi foi o filme que mais ganhou prêmios, levando quatro estatuetas para casa. Logo depois vêm Os Miseráveis e Argo, com três prêmios cada. Django Livre, Lincoln e Skyfall conseguiram dois, enquanto O Lado Bom da Vida e A Hora Mais Escura só levaram um cada. Confirmando o meu palpite desde que assisti a Lincoln e Django Livre, os prêmios de Ator Principal e Coadjuvante foram merecidamente para Daniel Day-Lewis e Christoph Waltz. Anne Hathway, maravilhosa em Dior, levou o prêmio de Melhor Atriz Coadjuvante (lembrando que a moça estava em menos da metade de Os Miseráveis!). Aí, veio a surpresa (para mim, que não acreditei na aposta de muitos): Jennifer Lawrence foi a Melhor Atriz do ano. 

 Apesar de a minha torcida ter ido para a linda maravilhosa e talentosíssima Jessica Chastain, fiquei extremamente feliz, orgulhos e surpresa por Lawrence. Ainda não vi O Lado Bom da Vida, mas dos filmes que vi com ela percebe-se que ela é ótima atriz e tem um futuro brilhante pela frente (claro que agora ainda mais, sendo uma atriz de 22 anos com uma estatueta da Academia). A fofa ficou nervosa e até caiu quando subia ao palco, mas agradeceu emocionada e até ganhou uma ovação de pé da plateia. Para finalizar a noite, a primeira dama Michelle Obama apresentou, através de uma videoconferência, o prêmio de Melhor Filme para Argo (que eu não posso opinar porque ainda não vi, vixe). Também não fui muita surpresa, apesar do estranhíssimo fato de Bem Affleck não ter sido sequer indicado ao prêmio de Melhor Diretor. Aí, Bem subiu ao palco com a equipe e agradeceu, entre outros, à sua linda esposa Jennifer Garner (awwwww!). 

Confira abaixo a lista completa dos vencedores:

MELHOR FILME: Argo

MELHOR ATOR: Daniel Day-Lewis (Lincoln)

MELHOR ATRIZ: Jennifer Lawrence (O Lado Bom da Vida)

ATOR COADJUVANTE: Christoph Waltz (Django Livre)

ATRIZ COADJUVANTE: Anne Hathaway (Os Miseráveis)

FILME DE ANIMAÇÃO: Valente

FOTOGRAFIA: Claudio Miranda (As Aventuras de Pi)

FIGURINO: Jacqueline Durran (Anna Karenina)

DIREÇÃO: Ang Lee (As Aventuras de Pi )

DOCUMENTÁRIO LONGA-METRAGEM: Searching For Sugar Man

DOCUMENTÁRIO CURTA-METRAGEM: Inocente

EDIÇÃO DE FILME: William Goldenberg (Argo)

FILME DE LÍNGUA ESTRANGEIRA: Amour (Áustria)

CABELO E MAQUIAGEM: Lisa Westcott e Julie Dartnell (Os Miseráveis)

TRILHA SONORA ORIGINAL: Mychael Danna (As Aventuras de Pi)

MÚSICA ORIGINAL: Skyfall, por Adele Adkins e Paul Apworth (007 - Operação Skyfall)

DIREÇÃO DE ARTE: Rick Carter e Jim Erickson (Lincoln)

CURTA DE ANIMAÇÃO: Paperman

CURTA LIVE-ACTION: Curfew

EDIÇÃO DE SOM: Per Hallberg e Karen Landers (007 - Operação Skyfall) / Paul Ottosson (A Hora Mais Escura)

MIXAGEM DE SOM: Andy Nelson e Simon Hayes (Os Miseráveis)

EFEITOS VISUAIS: Bill Westenhofer e Donald Elliott (As Aventuras de Pi)

ROTEIRO ADAPTADO: Chris Terrio (Argo)

ROTEIRO ORIGINAL: Quentin Tarantino (Django Livre)



No Response to "Oscar 2013: Destaques e vencedores"

Postar um comentário

 

Copyright © 2009 Why Watch? All rights reserved.
Converted To Blogger Template by Blogspot Templates Theme By- WooThemes