The Walking Dead - 3.09: The Suicide King

De tudo no mundo pós apocalíptico, Rick com certeza está sentindo mais falta é de uma clorpromazina.

Eu esperava bem mais dessa volta de The Walking Dead esse ano. Depois daquela mid-season finale maravilhosa, esse episódio foi um banho de água fria. Parece que agora que o Glen Mazzara vai deixar de ser showrunner do seriado, ele resolveu descer o nível da série que estava indo pelo caminho certo. E o principal motivo da minha reclamação é que estão errando a mão no personagem do Andrew Lincoln. 

Após serem postos um contra o outro pelo Governador, os irmãos Dixon tentam arranjar um meio de sair dali, o que logo surge com a chegada e ataque de Rick para resgatar Daryl. Só que os conflitos começam quando eles conseguem escapar de Woodbury, quando Rick diz ao amigo que não quer o irmão dele com eles na prisão. Daryl, como de se esperar, preferiu ir embora com Merle a ficar com o pessoal de seu grupo. Uma escolha compreensível e provavelmente acho que qualquer um faria a mesma coisa. Ainda mais num apocalipse zumbi em que as famílias de quase todos já partiram pro além.

Tyreese e seu grupo continuam isolados num canto da prisão seguindo ordens do grupo de Rick, temendo ter que sair dali em algum momento e voltar pra aquele mundo horrível e infestado de errantes. Aliás, Rick continua querendo que Michonne pique a mula o mais rápido possível dali, um pé no saco. Mas falarei sobre isso mais a frente. Em Woodbury, o Governador ligou o foda-se e decidiu que dali em diante era guerra, com todo o sanguenosói que você pode imaginar. O pânico se instala na cidade após o ataque e muitos querem ir embora, mas são controlados por Andrea. Aliás, Andrea é outra personagem que está sendo bem mal utilizada nessa série, ficando mais agarrada do que carrapato em cachorro nesse psicopata.

Rick, Glenn — que aliás chutou o balde nesse episódio, cada vez mais lindo e chutando bundas de quem dizia que ele era só o "asiático da série" — Maggie e Michonne voltam à prisão e Rick protagoniza a cena mais escrota que já vi nessa série desde que comecei a assistir. Ele surtando ao ver o "fantasma" de Lori enquanto conversava com Tyreese e seu grupo foi envergonhante, sério mesmo. Beleza, o cara perdeu a mulher a pouco tempo e tal... Mas cara, TODO MUNDO ali já perdeu alguém que amava e nem por isso ficou surtando por aí. Ele é um líder de grupo, defensor e tomador de decisões. Rick não pode se dar ao luxo dessas coisas não. Até estranhei pois na HQ esse plot termina logo depois do telefone fantasma. Vocês tão indo pelo caminho errado, fica de olho aberto Kirkman. Rick tá um pé no saco e se continuar assim vou começar a detestá-lo, principalmente se ele demorar muito a confiar na Michonne e no Tyreese, que eram os braços direitos dele nos quadrinhos. 

No Response to "The Walking Dead - 3.09: The Suicide King"

Postar um comentário

 

Copyright © 2009 Why Watch? All rights reserved.
Converted To Blogger Template by Blogspot Templates Theme By- WooThemes